RSS

A Grande Fraternidade Branca

25 fev

A Fraternidade Branca pode ser definida como uma grande unidade de consciências luminosas e inteligentes formada por um conjunto de múltiplas unidades energéticas luminosas. Estas unidades-hierárquicas, por sua vez, estão inseridas em outras unidades maiores, assim como dentro de cada uma delas existem unidades menores. Todas possuem suas próprias tarefas e missões, visando implementar objetivos e desenvolver princípios na humanidade.
O fio condutor que as une, por assim dizer, é a Luz do Amor Universal em freqüências cósmicas divinas. Cada uma das unidades hierárquicas está em perfeita união e sintonia com a Luz Criadora Universal. A hierarquia segue um sistema piramidal, onde os mais evoluídos se encontram nos níveis mais elevados. Como todos existem dentro de uma unidade luminosa de consciências, estabelecem um sistema piramidal planetário que, por sua vez, situa-se dentro de outro sistema maior, que é a Hierarquia Solar, e assim sucessivamente. Aqueles que estão em um patamar superior tanto servem aos que estão no mesmo nível como aos que estão acima e abaixo, visto que todos formam diversos sistemas piramidais. Por isso, fala-se tanto em hierarquia.
A Grande Fraternidade Branca é integrada pela Corte Celestial (Logos, Elohim, Manus, Chohans, Mestres Ascensionados, Arcanjos, Serafins, Querubins, Devas, Anjos, Elementais, que são os Auxiliares e Mensageiros Cósmicos de Deus), que forma uma Hierarquia de Iluminados atuantes na evolução dos seres vivos da Terra. A Hierarquia dos Iluminados é o Governo Oculto do Mundo, que existe a nível celestial e prevalece sobre tudo o que ocorre na Terra, desde a criação, a sustentação e todas as transformações, para que se cumpra o Plano Divino. Muitos destes Iluminados participam também de outras Hierarquias Superiores e de Conselhos Superiores de Iluminados, até de outras galáxias.
Ela faz parte de um grupo de 70 fraternidades de luz espalhadas pelo nosso Universo conhecido como Grande Loja Branca  ( o termo “branca” não se refere a raça mas a aura de luz branca que envolve estes seres). Foi fundada na Terra por Sanat Kumara, um ser de dimensões superiores de luz que assumiu o resgate espiritual de nosso planeta em tempos muitos difíceis num passado remoto. A Fraternidade Branca opera em aliança com três Comandos de Luz das hierarquias superiores (Ordem de Melquitzedek, Ordem de Michael, Ordem de Enoch); a Confederação Intergaláctica (principalmente com a Missão de Órion, encarregada de trabalhar pela Paz, Arte e Beleza no planeta); e Ashtar Sheran (A Estrela Que Mais Brilha) – Comandante Maior de todas as frotas estelares que dão sustentação ao Projeto Terra.

O trabalho da Grande Fraternidade é feito pelos Mestres Ascensos ou Chohans que dirigem as “Casas” ou “Lojas” dispensadoras dos raios divinos. Estas lojas são réplicas ou estações dos grandes Comandos de Luz que atuam em todos os Universos do Pai, portanto fazem parte das Grandes Hierarquias (todo o Universo é organizado em hierarquias em que reina a disciplina, ordem e o amor incondicional.)

Os Mestres da Grande Fraternidade Branca têm em comum a sua evolução aqui em nosso planeta. Eles passaram por várias encarnações e sofreram todos os tipos de atribulações que nós também sofremos, mas conquistaram a maestria e por isso são “PhD” em assuntos relacionados à Terra e à Humanidade.

Eles aparecem em nossa História, nas grandes religiões da Terra, bem como nos bastidores das ordens iniciáticas, movimentos esotéricos e espiritualistas, escolas de sabedoria e de autoconhecimento do Oriente e do Ocidente. São a ponte entre as hierarquias espirituais mais elevadas e o plano da espiritualidade humana. Muitas mudanças ocorreram nos planos da Fraternidade Branca no século que findou, pois os acontecimentos relacionados à Transição Planetária se aceleraram muito, embora já tenham começado na época de Cristo, há 2000 anos. Neste começo do terceiro milênio, os redirecionamentos continuam a ocorrer. Foram mudanças nos planos, projetos, missões, cargos, metas, tarefas, estratégias, etc.

Alice Bailey, ex membro da Sociedade Teosófica, canal e discípula de Djwal Khul, dizia que muito do que canalizava a respeito dos planos das hierarquias valia até aproximadamente 1940-50. Por isso, é importante ler e consultar livros com canalizações mais recentes sobre os Mestres e a Fraternidade Branca.

Uma boa parte dos trabalhos da Luz neste planeta foi redirecionada, principalmente, após a Convergência Harmônica em 1987, uma onda de despertar que varreu o mundo dando um novo impulso ao processo ascencional em massa.

Também após os atentados aos Estados Unidos, em setembro de 2001, vários redirecionamentos ocorrem para acompanhar os acontecimentos determinados pelo inconsciente coletivo da humanidade, ajustando tudo dentro dos prazos estabelecidos para o Salto Quântico (até 2012/13). Este salto se dará com a entrada do planeta no cinturão de fótons do megasistema de Alpha e Ômega, do qual o sistema solar faz parte, mas não é um evento isolado da Terra – e, sim, um processo ascensional que envolve vários sistemas em diferentes dimensões.

I. ESTRUTURA TRADICIONAL DA GRANDE FRATERNIDADE BRANCA Logos Solar: Hélios e Vesta
Manus: Vaisvata, Meru e Sainthru
Senhor do Mundo: Senhor Gautama Buda
Buda da Evolução: Cristo Maitreya
Instrutores do Mundo: Mestres Jesus e Kuthumi
Maha Chohan: Mestre Paulo Veneziano

Hierarquia dos Raios:

Primeiro Raio (Azul)
Chohan: Mestre El Morya
Arcanjos: Miguel e Fé
Elohins: Hércules e Amazona

O Mestre Ascencionado EL MORYA é o guardião deste Raio. Seu santuário está em Darjeeling, na India. Ele representa a vontade de Deus. Sua cor é o Azul e sua melodia-chave se emana na música Pomp and Circunstance, de Elgar. No tempo do Mestre Jesus ele foi Melchior, um dos tres sábios dos países do Oriente. Ele foi o lendário Rei Arthur da Sagrada Taça Graal, bem como o humanista e estadista Thomas Morus, que escreveu A Utopia. As pessoas do primeiro Raio são muitas vezes fáceis de serem reconhecidas em relação às outras, em geral essas pessoas possuem ilimitada força e energia. Elas criam e constroem, possuem ação, são líderes natos. Quem tiver necessidade de energia, força, resolver questões financeira, empregos, deverá invocar o Mestre El Morya, repetindo as frases: “EU SOU a força de Hércules, EU SOU minha ilimitada força e poder. Nunca desanimo…

Segundo Raio (Dourado)


Chohan – Mestre Confúcio
Arcanjos – Jofiel e Constância
Elohins – Cassiopéia e Minerva
O Segundo Raio, de cor dourada, é o raio do educador e do professor. O Mestre Ascencionado LANTO foi, em tempos passados, um grande governante da China e fez sua ascensão há muitos séculos. Depois conquistou o direito de assumir maiores encargos e foi assim que ele transferiu a custódia de seu Templo de Luz ao seu discípulo Confúncio, que, presentemente lá trabalha. Mas, no seu grande amor, o Mestres Lanto, resolveu ficar por aqui para ajudar a Terra, nesta época de crise.
Esta chama Dourada representa sabedoria, equilíbrio e iluminação. Deve-se sempre visualizar esta cor envolvendo nosso corpo, quando necessitamos dos atributos que ela pode nos dar. Nesta época de crise esta chama Dourada representa sabedoria, equilíbrio e iluminação.

Terceiro Raio (Rosa)


Chohan – Mestra Rowena

Arcanjos – Arcanjos Samuel e Caridade

Elohins – Órion e Angélica

A Mestra ROWENA é a responsável por este raio. Ele representa o Amor, tanto espiritual, como físico, adoração, beleza e fraternidade.
As pessoas que a ele pertencem amam a beleza em todas as formas de expressão e são amáveis e compassivas.
A Mestra Rowena está pronta para servir a todos que a procuram. Ela estimula, mantém e protege, não só os gênios que já conseguiram alcançar o topo da escada, como também, igualmente, os humildes aspirantes que acabam de colocar os pés no primeiro degrau, em direção á meta. Ela guarda o símbolo da Liberdade. O Foco de Luz da Chama da Liberdade guardada pela Mestra Rowena situa-se no sul da França, em Chateau Liberté, no plano físico.
Sua música é a “Maseillaise”, em prol da Liberdade, desde aquele tempo da libertação da França.
Invoque-a para fortificar relacionamentos afetivos e ativar a chama interior de sua alma gêmea. É a cor mais perfeita. Utilize-a sempre que necessitar emanar bons fluídos para alguém. Deve-se sempre visualizar esta cor envolvendo nosso corpo, quando necessitamos dos atributos que ela pode nos dar. Quarto Raio ( Branco)


Chohan – Serapis Bey
Arcanjos – Gabriel e Esperança
Elohins – Claire e Astréia

É invocado para harmonia, paz, equilíbrio, ascensão. Também afasta o Gênio Cobtrário. Seu Mestre Guardião é o Mestre Ascencionado SERAPHIS BAY. Sua proteção está subordinada a atual Chama da Ascensão de Luxor, Egito, que foi levada, por ele e outros devotos, para lá, antes de submergir, nas ondas do aceano, o continente de Atlântida.
As emanações de vida que pertencem a este raio, são geralmente, dotadas de talento artístico, com tendências para música, danças clássicas, teatro de óperas, pintura, escultura e arquitetura. tais pessoas são quase sempre abençoadas com o poder espiritual e cheias de ânimo, além de possuírem o dom de “penetrar e ver através das coisas”. Sua melodia- chave de reconhecimento é “Sonho de Amor” de Frantz Liszt.

Sexto Raio (Rubi)


Chohan – Mestra Nada
Arcanjos – Uriel e Graça
Elohins – Tranqüilitas e Pacifica

O Sexto Raio representa o dinamismo, coragem, força e deve também ser usado numa situação de emergência.
O Mestre Jesus juntamente com o Mestre Kuthumi, foram seus diretores até pouco tempo, até quando se elevaram a Instrutores do Mundo. Hoje sua responsável é a MESTRA NADA. Seu templo de iluminação encontra-se na América do Sul. A Mestra Nada foi noutra encarnação Maria, Mãe de Jesus. Juntas, elas efetuam seus trabalhos de benefçio á humanidade.
Os anjos que pertencem ao Templo Rubi, recebem e enviam a êssencia divina aos suplicantes da Terra, em caráter de emergência. Por isso, recorremos a este Raio e á Mestra Nada nestas situações 

Sétimo Raio (Violeta)


Chohan – Saint Germain
Arcanjos – Arcanjos Ezequiel e Ametista
Elohins – Arcturos e Diana

O Mestre SAINT GERMAIN realizou sua ascensão no ano de 1684. É tarefa do Sétimo Raio instruir a humanidade de como conseguir por meio da Chama Violeta a libertação, tramsutar seus erros, transformar-se e tudo recomeçar. É o Raio da Transmutação, da Purificação e da Magnetização. É um instrumento cósmico e divino, usado pelas Ascencionadas Legiões da Luz, para libertar toda vida prisioneira.
A Grande Hierarquia Espiritual presta á humanidade,um grande ato de amor, em cada ano, no noite de São Silvestre. Por isso, devemos realmente ter dentro de si, a vivência da expressão “Novo Ano”, pois nesta noite, cada emanação de vida passa por um processo de purificação através do Fogo Transmutador e assim, aquele que assim crer, estará sendo libertado das energias desarmônicas que o prejudicam.
Estamos entrando na Era de Aquário e com ela recebemos a proteção da Chama Violeta transmutadora dirigida por nosso amado Mestre Saint Germain. De uma coisa pode-se ter certeza: trabalhando com os Mestres Ascencionados só poderemos chegar ao sucesso e a nossa verdadeira vitória. Estamos vivendo a nossa Encarnação de Ouro, o livre arbítrio não nos foi tirado, mas agora a escolha é clara: a luz ou as trevas. Toda essa hierarquia cósmica, estes seres maravilhosos e dentre eles, os Anjos, se fazem presentes como nunca, únicamente para nos salvar. Isso está acontecendo graças ao grande trabalho dos Mestres Ascencionados e de seus trabalhadores na Terra.

II. ESTRUTURA ATUAL DA GRANDE FRATERNIDADE BRANCA
(focando a Ascensão Planetária)

 

Maha Chohan (Dirigente de Era) – Saint Germain

Loja Azul – Primeiro Raio

Cuida diretamente de assuntos relacionados a governos, povos e nações, política, conflitos, lideranças e transformações. Este Raio é a porta de entrada para todas as iniciações e acesso ao caminho para a Luz. É também aporte energético e proteção para todo e qualquer trabalho e missão com a Luz
Manu – Allah Gobi. É uma energia não disponível para discípulos. Ele passa a maior parte do tempo em meditação-irradiação para governos, líderes, nações e povos da Terra.
Protetores – Lord Sírius e Lady Sírius
Chohans – Mestre El Morya e Lady Mírian
Arcanjos – Miguel e Fé
Elohins – Hércules e Amazonas
Tríade Sagrada – Aspecto PAI
Símbolo – Espada Azul de Luz (Excalibur Sagrada) Academias de Luz – Segundo Raio
São orientadas para os grandes ensinamentos e instrução para os discípulos que buscam a Luz os mestres encarnados. Esses mestres são professores para os filhos e filhas da Luz neste momento de ascensão planetária, irradiando a sabedoria, a inteligência cósmica e a compreensão supremas. As academias cuidam de tudo que se refere à educação no planeta, incluindo-se aqui os trabalhos nas escolas, universidades, academias, aulas, cursos, palestras, conferências, educação por intermédio de televisão, livros, jornais, tudo que possa servir ao ensino. Recebem as instruções da Ordem de Melquizedec.
Logos Solar – Melquizedec ( a inteligência superior que irradia de outros níveis da hierarquia)
Instrutor do Mundo – Senhor Maitreya
Chohans – Mestre Kuthumi, Mestre Djwal Khul, Mestre Lanto
Tríade Sagrada – Aspecto Filho
Símbolo – Estrela Dourada de Seis Pontas Casa Rubi – Terceiro e Sexto Raios
É o grande foco do Amor Divino da Fraternidade. Sintetiza os dois raios do amor, o Rosa e o Rubi, sustentados por Mestra Nada e Mestra Rowena para a irradiação de amor incondicional, compaixão, tolerância, fraternidade, devoção, serviço abnegado, união e paz. O Raio Rosa é a luz do Espírito Santo, de natureza coesiva, acolhedora e nutridora. O Raio Rubi é o raio da devoção e adoração.
Protetores – Mestre Jesus e Mãe Maria
Chohans – Mestra Nada e Mestra Rowena
Tríade Sagrada – Espírito Santo
Símbolos – Rosa de Luz e Rosa Rubi Templos de Cura – Quinto e Sétimo Raios
Trabalham com a cura e a transmutação em todos os níveis, preparando a humanidade para a ascensão. O Quinto Raio ou Verde traz para o corpo físico descanso e equilíbrio; para o corpo emocional, paz; e para o corpo mental; tranqüilidade. Já o Sétimo Raio ou Chama Violeta é o principal raio curativo para a Nova Era, a luz da redenção e da transmutação, que promove a Alquimia Divina preparando para a ascensão neste período de transição planetária e de salto quântico para a humanidade. Transmuta instantaneamente todos os carmas negativos, sempre que solicitado a Saint Germain. Uma nuance deste raio é o Lilás, que surge da combinação com o Rosa, sustentando o perdão e a misericórdia que completa a cura dos raio verde e o processo de purificação da chama violeta transmutadora. Ele é irradiado pela Mestra ou Mãe Kwan Yin.
Mantenedoras – Kwan Yin e Pórtia
Chohans – Mestre Hilarion e Saint Germain
Símbolos – Chama Violeta e Pirâmide Verde-Cristal Bancos de Ascensão – Quarto e Décimo Segundo Raios
São focos de grande atividade na Fraternidade hoje, pois as ondas ascensionais que se iniciaram, principalmente após a Convergência Harmônica, tornaram-se intensas na primeira década do novo milênio. Entre 2012 2013, elas deverão cessar. O Quarto Raio (branco-cristal) é a luz da ressurreição irradiada do templo etérico sobre Luxor pelo Mestre Serapis Bey. O Décimo Segundo Raio (pérola ou opalino), também disponível nessa fase de transição planetária, ativa nosso Corpo de Luz preparando-o para a ascensão.
Supervisão – Mestre Ofanin Enoch
Chohan – Mestre Serapis Bey
Arcanjo – Gabriel
Símbolo – Lírio Branco de Luz e/ou Cristal Diamantino Observações
A Loja Azul, as Academias da Luz e Casa Rubi formam a base dos trabalhos da Grande Fraternidade Branca pois representam tanto a Chama Trina ( azul – poder, dourado – sabedoria e rosa – amor) como Tríade Sagrada ou a Santíssima Trindade (azul / Pai, dourado / Filho, rosa / Espírito Santo).

Nos momentos de intensa aceleração que vivemos, a Fraternidade Branca determina que os raios sejam trabalhados em conjunto. Iniciamos com o Primeiro Raio que nos dá força e proteção; ativamos a Chama Trina no coração; pedimos a cura com o Quinto Raio e a completamos com a Chama Violeta que transmuta e dissolve carmas; perdoamos a tudo e a todos na Chama Lilás; mostramos nossa devoção à Espiritualidade com o Raio Rubi e ganhamos no final a ascensão e a ressurreição para Reinos Superiores da Luz por meio do Raio Branco Cristalino.

III. PRÁTICAS ESPIRITUAIS INDICADAS PELA FRATERNIDADE BRANCA
. Meditação
. Visualizações criativas
. Símbolos Sagrados *
. Respiração de Luz e Cores
. Palavra falada (decretos, afirmações, orações e apelos)
. Nomes sagrados e mantrans
. Cantos, músicas e danças sagradas
. Rituais com cristais, água, velas, incenso e flores
. Estudos e leituras
. Canalizações e Mensagens

*Símbolos Sagrados da Grande Fraternidade Branca: Chama Trina, Chama Violeta, Cruz de Malta, Estrela de Davi, estrela de cinco pontas, Excalibur (espada de luz), Santo Graal (cálice sagrado), rosas de Luz, lírio branco, pirâmides, triângulos, Mandala dos 12 Raios, coração, etc

Procedimentos básicos
Para ter a garantia de estar trabalhando com a Grande Luz nas práticas indicadas pela Grande Fraterniadade Branca, devemos cumprir os cinco procedimentos básicos
1. Tubo de Luz Azul e Apelo a Arcanjo Miguel
2. Ativação da Chama Trina conectando com Shamballa
3. Conexão com a Presença Eu Sou de cada um
4. Uso da Chama Violeta
5. A Grande Invocação

Texto colhido em diversos sites da Internet de Luz via Google
Anúncios
 

2 Respostas para “A Grande Fraternidade Branca

  1. hely geraldo costa

    04/08/2012 at 01:18

    gostei muito desejo mais informacoes

     
  2. Hely Geraldo Costa

    04/08/2012 at 01:21

    desejo desemvolver minha parte espiritual

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: