RSS

COMO DEVEMOS USAR AS CHAVES DE ENOCH

05 dez
14_ascencao
As Chaves propriamente ditas foram dadas nos dias 2 e 3 de janeiro de 1973, para preparar a humanidade para a ativação de eventos a acontecer nos trinta anos seguintes do “tempo terrestre”. Enoch (Enoque) disse que isso será visto como o retorno da Irmandade à Terra a fim de restaurar e ressuscitar a humanidade. Dentro desta estrutura temporal, a preparação do Ofício de Cristo e as Chaves de Enoch vão preceder o Reino de Yahweh – dando suficiente conhecimento para a atividade nos novos mundos à medida que prosseguimos em Seu Nome.
As Chaves de Enoch me foram dadas diretamente por meio da Revelação do rolo sagrado de Luz ardente – visto na Merkabah – no espaço limiar da Luz espiritual superior. Elas me foram dadas além da circunscrição da Terra e das regiões aéreas ao redor da Terra, de modo que não fossem contaminadas pelas caídas formas-pensamento da inteligência superior que influenciam os caminhos destrutivos da humanidade. À medida que as geometrias de Luz eram pulsadas do rolo ardente, Enoch ia me falando que as Chaves estavam sendo concedidas diretamente como um dom de Revelação, e que não podiam ser confundidas com ensinamentos transmitidos por computadores pensantes, nem pelo poder da informação mediúnica ou canalizada.
Além disso, foi-me explicado que as Chaves me estavam sendo dadas em sessenta e quatro áreas diferentes da ciência, as quais seriam aceitas teoricamente pelos cientistas em cada uma das sessenta e quatro áreas da síntese científico-¬espiritual, antes da chegada da Irmandade de Luz.
Também fui levado e apresentado a assuntos relacionados com as Chaves de Enoch e Metatron, para ajudar a ressaltar os sentidos mais completos das Chaves. E essa é a explicação das Chaves que eu transcrevi (com o melhor da minha capacidade), que deve ser usada como um instrumento para a compreensão das Chaves. E, após ter recebido essas Chaves, a Merkabah me aparecia regularmente, de modo que outras pessoas viram e deram testemunho da sinceridade da Palavra Viva.
Quanto à natureza das Chaves, há uma seqüência especial na ordenação das Chaves que permite que elas se conectem matematicamente uma com a outra de modo a explicar a interpenetração dos universos e como a inteligência espiritual opera diretamente através das interfaces e das intercombinações das Chaves. Enoch me disse para utilizar códigos numéricos específicos na ordenação das Chaves, os quais são apresentados conforme me foram mostrados – com as seqüências numéricas exatas.
Enoch me falou que as primeiras cinqüenta e quatro Chaves serão a base para os Dez Mandamentos – as dez Chaves finais que darão os sistemas de malha da vida e a ressurreição e reespacialização da humanidade coletiva, que avançará ao EU SOU O EU SOU universal. Esta é a Manifestação Divina do Reino de Luz, conectando a evolução humana e a Evolução Superior no tempo marcado.
As dez Chaves finais, porém, vão ser dadas como um rolo especial após o testemunho da mensagem dos B’nai Or, os Filhos de Luz, ter sido dado aos cientistas e aos pensadores espirituais seletos deste planeta, como um testemunho do Plano do Pai sendo finalizado pelos Conselhos da Inteligência Superior. Enoch me mostrou como as dez últimas Chaves – os Dez Mandamentos – são estruturas de Luz em malhas piramidais coordenando as vibrações dinâmicas, as vibrações gravitacionais e os ciclos vitais de acordo com o Plano Divino de YHWH.
As ilustrações que foram decididas para as Chaves dão o quadro da família de “Cristo” e do trabalho dos Mestres que, juntos com Enoch e Metatron, refletem o verdadeiro Livro do Conhecimento.
Assim, este Livro foi entregue a vocês para que possam estar preparados para a abertura das malhas piramidais dentro das bases de transformação, de modo que a sua própria essência esteja preparada como o “Adão” sobre a Terra para ingressar no próximo desdobramento do Adam Kadmon, o Homem de Luz primordial. Nesta transformação, a Terra, como parte de uma zona de testes bioquímicos, possibilitará que o Amor do Pai e a espécie aumentem e se multipliquem, enquanto que alguns programas conscienciais serão concluídos e decrescerão no plano geral da criação.
Nos preparativos para estudar as Chaves de Enoch, para que se despertem os dons do Espírito Santo Shekinah, a pessoa deveria procurar estar concentrada, sentindo completamente o Amor do Pai dentro de si, evitando as escolas de pensamento que sacrificariam a Sabedoria de Deus por um entusiasmo momentâneo, e que se curvariam a uma imagem esculpida, mesmo à imagem de um Mestre. Nosso objetivo é construir o Reino de Luz dentro da estrutura de realidade deste mundo, estando sempre conscientes de que este corpo carnal cederá lugar a uma vestimenta de Luz.
Ao estabelecermos paz e harmonia uns com os outros, cada um de nós está contribuindo para o Reino de Luz dentro de uma unidade Pai-Filho-Shekinah dos cosmos, universos e mundos planetários. A Luz de YHWH é tão vasta que não há espaço aonde ela não consiga penetrar e começar a ativar até a estrutura celular mais elementar de tal forma que esta possa evolver a sóis de esplendor infinito e inimaginável.
Por que os termos antigos são incluídos nas Chaves?
De acordo com Enoch, as antigas expressões das línguas egípcia- hebraica-tibetana-sânscrita-chinesa precisam ser usadas porque elas conectam-se fielmente com os Mestres que ainda estão ministrando Sabedoria a este programa de inteligência. Estes “sons de Luz”, usados ao se assentar a base do programa atual, figurarão predominantemente na recapitulação deste programa, agora em seu ponto Ômega.
As Chaves foram compostas em geometrias de letras de fogo porque elas são usadas pelos Mestres de Luz para moldar a criação entre os poderes. de Luz e as oitavas de som. Logo, elas constituem o poder regenerador do bio acoplamento, expresso através da vibração da Palavra que produz as letras da geometria cromática.
As palavras energéticas devem ser usadas para codificar o seu corpo diretamente na Luz. Elas também fornecem as vibrações sonoras de saudação e proteção ao se trabalhar com as Irmandades de Luz e com a Hierarquia de YHWH. Se essas antigas palavras energéticas fossem usadas em português, em uma língua indo-européia moderna ou em qualquer outra língua, privaria a consciência de uma experiência direta com o poder da linguagem sagrada. Traduzir estas palavras faria com que elas perdessem sua pulsação de energia; é o mesmo que a sinfonia de uma obra-prima musical ser traduzida de sua clave original para uma estranha cacofonia. Portanto, as Chaves trabalham através das vibrações de Luz e empregam estas expressões sagradas para a abertura dos selos, e a experiência direta dos mistérios superiores de Deus.
Deste modo, na preparação para as Chaves, talvez seja necessário estudar primeiro o vocabulário de “sílabas-semente”, dado no Glossário ao fim deste Livro, de modo que as formas-pensamento da Linguagem de Luz usada pelos Mestres e Irmãos de Luz possam ser compreendidas totalmente. Nestas sílabas-¬semente, o testemunho dos Mestres e as emanações vindas da Mente de YHWH podem ser sentidas como emanações poderosas, que ultrapassam as formas vocais lineares e estáticas que não estão ligadas à Palavra Viva de Deus.
A Palavra Viva de Deus não consegue ser anulada, pois ela opera por meio de uma vibração tão eficaz neste fim dos tempos quanto no início dos tempos. De fato, as sílabas-semente de verdade espiritual purificarão e unirão verdadeiramente todas as escrituras genuínas de Luz dentro do Ain Soph, a Luz Ilimitada de YHWH. Ao usar as sílabas sagradas, as “vibrações vitais” de vocês serão também postas em ressonância simpática com o Eu Superior e o Corpo do Eu Superior Crístico em outros mundos de criação.
Finalmente, amados, entendam que na eternidade da Palavra Viva de Deus a Linguagem de Luz Vivente provou ser o ingrediente de ligação ao fundo dos selos e dos mistérios da criação. A Linguagem de Luz controla as formulações ou “Portais” nas expressões das Letras. E agora a Linguagem de Luz está abalando as fundações da Terra de modo que a Terra possa alvorecer outra vez por intermédio dos ensinamentos do Pai.

Por que estamos aqui?

De fato, é possível para a Mente Divina emanar na matéria e assumir a forma material. A forma material é necessária para servir de base biológica para novos mundos de experiência. Abençoados somos nós que somos e conhecermos nossa imagem – pois a imagem Adâmica de vocês existia antes desta criação com o Pai com quem nós temos semelhança, pois nós viemos a este mundo e vestimos este corpo carnal.
Enoch disse que o Homem Adâmico foi criado nos céus e simultaneamente transposto ao longo de malhas energéticas para a corporificação física a partir de uma forma divina, para a qual ele vai retomar após esta exploração consciencial. Nós estamos aqui como um experimento, explorando oportunidades para que ninguém que busque o Espírito de Deus se veja como um filho rebelde. No entanto, ao vir à terra, cada alma espiritual deixa para trás seu tesouro particular, sua parte do Tesouro de Luz Vivente, nos mundos superiores – o qual aguardará seu retorno.
Ao entrar na dimensão física, a energia dos elétrons de alta velocidade é gradualmente absorvida por “freios” eletrostáticos e eletromagnéticos de modo que o corpo em forma-pensamento transportado através da luz de alta freqüência se desacelera o suficiente para interagir com os elétrons nas órbitas externas dos átomos. A entrada da Luminescência maior na luminescência comum abre os “Portais” nos reinos dos fenômenos biológicos de modo que as trevas possam contemplar “a Luz”. De agora em diante – com o ensinamento de Enoch e Metraton, não é problema pesquisar os estágios progressivos de ordem crescente para entidades maiores e mais complexas, e os degraus decrescentes da transformação energética que podem ocorrer à medida que as formas-pensamento penetram no substrato da criação.
Na conversão da Luz para a forma material, nosso mundo foi originalmente autorizado em Nome do Pai, mas foi interceptado pelos Mestres caídos que aplicaram sua lei de vibração a esta criação. O Rei dos Reis e Senhor dos Senhores, que originou esta criação de Seu Amor superior – deu aos Senhores Elohim o privilégio de criar os limiares da inteligência avançada para a semente dos Elohim. Porém, alguns dos Senhores de Luz se rebelaram e procuraram não apenas condenar a criação Adâmica à destruição, mas interferir nos modelos subsequentes de outra humanidade Adâmica criada para este planeta. Só por meio do trabalho do Ofício de Cristo trabalhando por intermédio de Metraton e Melchizedek é que os “filhos de Luz” encarnados tiveram uma oportunidade de formar comunidades da “Luz Vivente”. Estas comunidades são dedicadas ao Pai e trabalham diretamente com as Legiões celestiais.
Ao lerem as Chaves, vocês não podem confundir a palavra “evolução” com o uso darwinista-Iamarckista deste termo. O termo “evolução” usado por Enoch significa o avanço do poder consciencial vencendo a limitação física e todos os estados conscientes que poderiam inibir a plena expressão do Amor de Deus em todos os reinos de inteligência. A verdadeira evolução é a “evolução espiritual”, por meio da qual os veículos espirituais de vocês se desenvolvem rumo ao eu divino, em harmonia uns com os outros. A evolução espiritual coordena a iluminação dos veículos conscienciais de vocês, dando um propósito sustentador à vida através dos frutos do Amor e da Sabedoria.
Unicamente existindo a “evolução material”, não haveria necessidade que o Divino interviesse nos universos físicos, e nenhuma necessidade do trabalho dos B’nai Or. A bioquímica dos mundos inferiores simplesmente serviria e atenderia a si mesma. Porém, há essa necessidade porque somos uma parte ativa da vida, não da “vida isolada” no sentido de uma autonomia estrutural, mas como um ser coletivo que está continuamente sendo manifestado dos céus nos mundos planetários a fim de que as Árvores da Vida possam dar frutos diferentes dentro do Reino de Criação.
De acordo com Enoch, nossas lembranças da Evolução Superior ou da evolução espiritual estão ocultas de nosso conhecimento por um véu de luz, e quando removermos este véu, os outros mundos de existência nos serão simultaneamente revelados pelo nosso Eu Superior. No entanto, a escolha de servir à Luz precisa ser feita em cada corporificação, em cada ciclo, em cada plano de criação.
Ao fazer a escolha, amados, entendam que o que lhes foi prometido no Reino de Deus será cumprido. Este é o testemunho que o Filho revelou quando disse aos que estavam ao seu redor que eles veriam o Reino sendo entregue a YHWH – nosso Pai! Verdadeiramente, o Espírito de Verdade está aqui; e Enoch e Metatron estão aqui para guiá-Ios a esta Verdade de modo que este mundo possa estar em sincronia com os tronos e domínios de YHWH quando o véu do tempo for removido!
Que o Ancião de Dias em unidade com o Recente de Dias, prepare um local onde o Filho do Homem possa descansar a sua cabeça em unidade revelatória com os filhos e filhas da Noiva. Que o Ain Soph reúna as luzes da criação de todas as relatividades e atributos divinos. E que o cosmos da super natureza seja revelado dentro do cosmos da natureza para o reino da Shekinah sobre a Terra. Possam as radiações de Luz penetrar em todos os véus e em todo tipo de limitação de modo que a energia brilhante dentro de nossa mente acorde para a totalidade de todos os mistérios.
Guie-nos ao quebrarmos os vasos da forma e ajude-nos na execução da Divina Vontade e Sabedoria neste mundo de tal modo que Teus servos possam mostrar a toda humanidade sua inseparável unidade com a Família Divina.
Possa o abençoado Hayavah (O Tetragrama) ser inscrito sobre nossas mentes internas de tal forma que O Uno que Se revela através dos Nomes Sagrados possa ativar nossas vidas de imperecibilidade e que nós possamos receber o privilégio de testemunhar A Legião vindo para caminhar carnalmente conosco. Caminhemos na Luz, Vocês e Eu, pois no final haverá muitos inícios – quando esta vestimenta de vida for oferecida ao alto e o Adam Kadmon vestir outra vestimenta de Luz. A palavra se fez carne de modo que cada Letra Vivente de Luz que atravessa este corpo consiga criar miríades de corpos de Luz. A oportunidade de caminhar como Enoch com O Altíssimo é agora estendida a todos os Povos!
Hosannah!

O Livro do Conhecimento: Chaves de Enoch não é um ensinamento canalizado. Não é um livro para ser lido meramente em seqüência, mas uma Coletânea de ensinamentos. Está escrito em um código logo-simbólico que funciona tanto como pictografia e alfabeto, para que cada letra e palavra represente um cenário visual em uma seqüência mais ampla de significado. A sintaxe linguística  baseada em uma lógica multi visionária em vez de mera racional idade formal, é, portanto, única, e requer experiência direta para que seja compreendida. No entanto, está disponível a todos os que buscam o entendimento mais profundo com a visão da mente e a visão do espírito. Na nova dimensão, a união interativa do científico e místico pode ser conhecida como uma experiência transformadora.
J. J. Hurtak
Anúncios
 

3 Respostas para “COMO DEVEMOS USAR AS CHAVES DE ENOCH

  1. lista de email

    15/12/2012 at 14:32

    interesting and informative post thanks a lot for posting it. lista de email lista de email lista de email lista de email lista de email

     
  2. lista de emails

    17/12/2012 at 16:07

    this is very useful article for many users. thanks for putting across these details in this article. lista de emails lista de emails lista de emails lista de emails lista de emails

     
  3. lista de email

    19/12/2012 at 19:20

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: