RSS

DESCOBRINDO-SE PARA A VITÓRIA!

01 jul

Image

Você já reparou que tudo o que acontece em sua volta tem um motivo?

A PARÁBOLA DA BOA SEMENTE

O reino dos céus é semelhante a um homem que semeou boa semente no seu campo; mas, enquanto os homens dormiam, veio o inimigo dele, semeou joio no meio do trigo, e retirou-se. E, quando a erva cresceu e produziu fruto, apareceu também o joio.

Então, vindo os servos do dono da casa, lhe disseram: Senhor, não semeaste boa semente no teu campo? Donde vem, pois, o joio? Ele, porém, lhes respondeu: Um inimigo fez isso. Mas os servos lhe perguntaram: Queres que vamos e arranquemos o joio?

Não! replicou ele, para que, ao separar o joio, não arranqueis também com ele o trigo. Deixai-os crescer juntos até à colheita, e, no tempo da colheita, direi aos ceifeiros: Ajuntai primeiro o joio, atai-o em feixes para ser queimado; mas trigo, recolhei-o no meu celeiro.” (Evangelho segundo São Mateus 13:24-30)

O que podemos dizer acerca do reino dos céus?

O “reino dos céus” é uma figura de linguagem usada por Jesus. Não se refere a um lugar circunscrito, mas ao estado de espírito daqueles que põe em prática as leis naturais impressas por Deus em nossa consciência, notadamente a lei de justiça, amor e caridade.

Como interpretar a semeadura do trigo?

É uma continuação da “parábola do semeador”. Na parábola do semeador, há uma situação hipotética, em que a semente cai em terrenos de diversas qualidades. Aqui, há um tipo específico de semente, a do trigo. Com o trigo podemos fazer farinha, e da farinha, o pão, o macarrão etc. É um produto necessário à manutenção da vida humana. Devemos associá-lo ao bem.

Os trabalhadores dormiram por negligência?

Os trabalhadores do campo adubaram a terra, cavaram os buracos, jogaram as sementes de trigo e cuidaram de regar as plantinhas tenras. Depois desse esforço, foram dormir, descansar pelo dia trabalhado. Os inimigos, porém, esperaram a noite vir, trabalharam no escuro e jogaram a erva daninha. É um chamamento à vigilância. “É pelo descuido do lavrador que a colheita se perde, é pelo descuido do professor que o aluno se torna ocioso, é pelo descuido da educação que os delinquentes juvenis surgem. Assim, para que o bem se conserve e se dilate haverá necessidade de esforço constante”.

Devemos arrancar o joio ou deixá-lo crescer com o trigo?

Nesta parábola, o joio deve crescer junto com o trigo. Por quê? Porque estas ervas são parecidas. Caso tencionássemos tirar o joio, poderíamos, por engano, arrancar também o trigo. Neste caso, Jesus está nos dizendo que o mal deve conviver com o bem, sem, contudo, que o bem seja conivente com o mal. O mal deve ser sempre combatido. Há, porém, a necessidade de esperar o momento certo, pois qualquer coisa que é feita fora de hora pode não produzir os seus frutos.

A que nos remete esta parábola?

Esta parábola remete-nos à lei de causa e efeito. Todos somos livres para semear; a colheita, porém, é  obrigatória. Podemos semear tanto o trigo quanto o joio. É como a opção entre o bem e o mal. Se nossos atos optarem pela prática do bem, a recompensa futura será mais liberdade; caso optemos pelo mal, estaremos prisioneiro do mesmo.

 A condição humana está mais para o trigo ou para o joio?

O mal é inerente à imperfeição humana. Na Terra, somos todos mais ou menos imperfeitos; por isso, a necessidade de compaixão de uns para com os outros. A convivência com o mal é a resignação da alma ante uma situação irremediável. O homem de bem deve combater o mal, mas sempre de acordo a mansuetude; a guerra e a violência podem produzir mais guerra e violência.

Extraido do texto de
Sergio Biagi Gregório

 Image

Pois é queridos, ontem dia 30 de junho, foi uma das datas em que o Conselho Cármico se reúne para avaliar o carma de todo o Planeta, como já os lembramos por diversas vezes.

A partir de hoje 01 de Julho de 2013, um capitulo novo de suas histórias começam a ser contada.

Quando nos esforçamos para compreender o que é o Carma, o primeiro principio a gravar é que nos ocupamos de uma força e de seus efeitos.

Esta “força” pertence tanto ao mundo físico do movimento, como ao mundo astral dos sentimentos, ou ao mundo mental dos pensamentos.

Estes três tipos de força são a todo momento postos em ação por nós!

O primeiro (mundo físico/movimento) pelas atividades do nosso corpo físico;

O  segundo pelos sentimentos do nosso corpo astral;

O terceiro pelos pensamentos concretos e abstratos do nosso corpo mental e causal.

Devemos ter aspirações,  elaborar sonhos, projetos, pensar, sentir, agir, tudo isto significa acionar forças pertencentes a estes três mundos; e, segundo o uso que fazemos destas forças, elevamos muros ou edificamos pontes!

Ora, toda a força que utilizamos em todos os planos é sempre a Energia do Logos; o que significa que: somos transformadores desta energia. Desde que transformemos e empreguemos esta Energia, o Desejo do Logos será para que a utilizemos para impulsionar o Plano da Evolução.

Quando ajudamos este Plano, nossa ação é boa; quando a obstruímos, nossa ação é má. E desde que continuamente estamos utilizando a sua força, devemos a todo instante estar ajudando ou obstruindo o Plano.

O homem não é um individuo isolado, mas sim uma unidade dentro da Humanidade de milhões de indivíduos, cada pensamento, , sentimento ou ato seu afeta cada um de seus semelhantes.

Cada ato nocivo equivale a uma força projetada no Universo e vice versa.

Quando iniciamos esta vida, cada um de nós vem de um longo passado que abrange muitas vidas e assim retomamos uma vez mais a nossa tarefa (serviço) na Terra, trazemos conosco o Carma bom e mau.

Observando em torno de nós a existência que levam homens e mulheres, não é exagero dizer que hoje, na maior parte dos casos, a vida encerra mais “mau” carma do que “bom”, isto é, que há no conjunto mais puro labor e pesares que trabalho agradável e alegria. No período atual da evolução humana há, no reservatório de forças acumuladas por nós, individualmente, mais forças para nos dar dor do que forças de prazer.

Nosso débito é maior que o nosso credito, porque em vidas passadas não procuramos ser guiados pela Sabedoria e sim pelos instintos. Mas, cada força cármica deve descarregar sua energia, porque “o que o homem semeia isso também colhera”!

Quando o homem “colhe”, as suas forças cármicas são cuidadosamente ajustadas, de maneira que a ação reciproca do bem e do mal possa produzir, como resultado final, um acréscimo de bem, por menor que seja o bem sempre prevalecerá.

Se, por ocasião dos nossos sentimentos, todas as nossas forças cármicas de bem e de mal fossem postas em ação, como temos maior bagagem de mal que de bem, nossa existência seria tão cheia de dor e tristezas, que quase não teríamos coragem para enfrentar a batalha da vida.

Por isso, a fim de que possamos lutar e vencer e adicionar alguma coisa ao lodo bom de nossa conta, e não ao mau, os Mestres junto ao Conselho Cármico fazem um cuidadoso ajuste para que o nosso “saldo” seja sempre positivado.

Detentores deste Conhecimento, vamos sair da condição de vítima assumindo assim a nossa RESPONSABILIDADE INICIÁTICA.

Como fazer isto?

Muito simples!

Sentando na cadeira da Presidência da sua Empresa!

Assumindo que todo efeito tem uma causa e que você está por trás de toda ação que resulta em reação.

E principalmente, vamos sonhar, aspirar, desejar coisas boas para nós e para o Universo lembrando que você deve ser do tamanho dos seus sonhos e aspirações!!!

Aprenda a ver o melhor mesmo na pior das situações, porque tudo faz parte de um grande aprendizado cósmico.

A sua energia é necessária para o equilíbrio universal!

Acreditar na sua força é o mínimo que os Divinos Mestres precisam!

A Humanidade está recebendo todas as ferramentas necessárias para que se cumpra o que está escrito nesta nova Era.

Entrem em comunhão com a sua Chama Trina para ativar o Poder e a Força da Fé.

Ativar o Poder da Sabedoria e Equilíbrio.

Ativar o Poder do Amor Incondicional, sem julgamento, sem mágoa, sem rancor no coração.

Digam quantas vezes forem necessárias durante o  dia em voz alta:

Eu (seu nome) ativo neste momento em mim o Poder do…

Escolha o que está precisando agora ativar, se é calma, ative o Poder da calma, se é equilíbrio, ative o Poder do equilíbrio, se é abundância …

 A PARTIR DE HOJE VAMOS TOMAR POSSE DO NOSSO VERDADEIRO PODER!!!

Belisa do Arcanjo Miguel

Isabel Helena Medeiros

Anúncios
 

Uma resposta para “DESCOBRINDO-SE PARA A VITÓRIA!

  1. Maria Lucia Storino Savaget

    01/07/2013 at 21:27

    Muito obrigada Belisa e Isabel. Maravilhoso texto que eu vou transformar em mensagem e enviar por e-mail para os meus contatos.
    Uma frase muito importante me chamou muito a atenção:Ativar o Poder do Amor Incondicional, sem julgamento, sem mágoa, sem rancor no coração. Que bom que vocês existem e que continuam enviando para mim as mensagens do TAOS. Um beijo no coração e na alma de vocês. Maria Lucia Storino Savaget

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: