RSS

A VIDA ESPIRITUAL NA TERRA É UMA UTOPIA?

13 set

Transcrição em 16 de março 2014 na Índia com um Evento de Prem Baba
 
Pergunta: Amado Guruji. Ouvindo o seu discurso de ontem, sobre ancorar uma nova consciência em todas as áreas da vida: casamento, concepção de uma criança, passando pela educação delas, economia, sustentabilidade e até mesmo em relação à morte, parece-me que você está falando de criar uma vida espiritual na Terra. Penso muito sobre essas coisas, mas isso não seria uma utopia?
 
Nota dos trabalhadores da Luz: A vida é uma só, trocamos de “vestes”, mas ela continua a mesma. A vida espiritual e a vida aqui na Terra também é uma só, noa existe diferença, alias, é apenas uma, apenas colocamos uma roupagem pra estar aqui encarnados.
 
Prem Baba:
Não, não é uma utopia.
É uma necessidade. Uma necessidade urgente e absoluta.
É a única saída para a raça humana.
Ou ela se move em direção à realidade suprema e se recorda do que é que ela veio fazer aqui, ou ela desaparece.
O planeta Terra e a humanidade que nele habita estão passando por uma profunda cura.
A Mãe Divina está sofrendo as dores do parto.
Ela está na eminência de parir a verdade.
Essa verdade precisa emergir em cada entidade humana em desenvolvimento neste plano. A realidade humana é limitada, mas isso é tudo o que você tem. Você só pode iniciar a jornada de onde você está e você está se movendo em direção à realidade suprema.
Toda a miséria humana tem sido gerada pela negação da realidade humana, que por sua vez tem gerado infinitas distorções que servem como bloqueios para a ascensão. Estamos em um momento crítico da evolução: ou removemos esses bloqueios para continuar a jornada ou seremos tragados pela nossa própria criação.
Remover os bloqueios significa se espiritualizar, significa voltar-se para dentro e para isso se faz necessário confiança.
Existe uma lei que determina que todas as capas temporárias, tudo o que é construído sem lastro na verdade, em algum momento se rasga como um papel.
Não importa o tamanho do império, em algum momento ele cai.
Mas seu questionamento é muito compreensível porque a confiança ainda é um fenômeno raro. Embora seja o elemento necessário para realizar a cura ou a transição ainda é um fenômeno raro, mas não é impossível.

O seu questionamento é compreensível, porque para criar uma vida espiritual na Terra, nós temos que equilibrar o interior e o exterior.
Temos que equilibrar a dúvida e a confiança. Razão e intuição. O masculino e o feminino.
E a separação está tão enraizada que parece mesmo impossível haver essa interação. Como é possível unir ciência com espiritualidade já que a ciência precisa da dúvida para se desenvolver?
A espiritualidade necessita da confiança para poder se desenvolver. A ciência tem trabalhado para trazer muitas coisas na vida material. Tem impulsionado a evolução em muitos diferentes aspectos e o principal instrumento da ciência é a dúvida. A ciência questiona, compara, entende, conclui e um passo leva a outro. Esse pensamento cientifico é necessário no mundo.

O ocidente se desenvolveu muito com base nesse pensamento científico.

Através da ciência você cresce para fora, para o externo.

Mas para se elevar espiritualmente se faz necessário confiança, por exemplo: se você se move na minha direção como um aluno, move-se em direção ao professor, você perderá algo. O aluno tem a mente científica, duvida, questiona , concorda, discorda. Dessa forma você pode receber algum conhecimento que pode lhe ajudar ou não. Pode até mesmo te atrapalhar.
Se você se move até mim como um amante se move para um amante, como um beija-flor se move para uma flor, como a brisa toca as folhas, algo acontece dentro de você.
Algo se transforma dentro de você.
Você simplesmente compreende e a compreensão é um fenômeno que está além da lógica.
A compreensão é um fenômeno que se dá na mente iluminada. É quando a mente se torna serena. Assim como quando o lago está totalmente sereno que reflete a luz do sol. Da mesma maneira quando a mente está completamente serena, ela reflete a luz do Ser.
A flauta é como um bambu oco que Deus coloca seus lábios e toca a sua melodia. Essa compreensão é um fenômeno que se dá no campo da intuição, mas como eu tenho ensinado, uma árvore precisa ter raízes.
Aquele que só sabe, mas não é, é um ignorante ilustrado e aquele que só é e não sabe, é um santo ignorante.
Estamos falando do nível do saber que é o horizontal e no nível do Ser que é a vertical. Estamos trabalhando para encontrar a intersecção entre a horizontal e a vertical. É nessa intersecção que nasce a rosa da vida.
 
 
Em dado momento eu falei da importância de ter raízes e asas, mas na verdade ou olhando de outro ângulo, eu diria que intuição e razão são as duas asas que possibilitam que a consciência humana voe para a Consciência Divina.
 
É possível você usar a dúvida para poder se mover no mundo externo e usar a confiança para se mover no mundo interno.
 
No caso, a dúvida que eu me refiro, é a dúvida construtiva, investigativa, científica que faz você verificar se é possível ou não se mover para uma determinada direção.
Como ensinou Dalai Lama: confie em Deus, mas tranque o carro.
Trancar o carro é um uso adequado da razão. É um uso sábio da dúvida, mas eu tenho colocado o foco na intuição porque você já está tomado pela razão há muito tempo. Você está impregnado de razão e a falta da intuição faz com que você faça o mau uso desta lógica. Se você só tem uma asa você não consegue voar, você precisa ter as duas asas, trabalhando em equilíbrio você pode alçar voo. É isso que a natureza nos ensina.
Eu nunca disse que seria fácil realizar essa união, que em síntese é a união do masculino e do feminino dentro de você. Que é esse estado de separação e todas as distorções geradas por ele que tem gerado todas as misérias em todas as áreas da vida que nós temos assistido.
Até onde vamos, mantendo o casamento como ele tem sido até hoje?
Até onde vamos, se continuamos concebendo as crianças como tem sido, seguindo um programa mecânico para saciar motivações egoístas, onde a ignorância reproduz a ignorância?
Onde nós vamos parar, se mantivermos esse sistema educacional baseado na guerra que tira o poder da criança, que a faz esquecer a visão espiritual que ela trouxe para o mundo?
Uma educação que corta as asas das crianças, com raras exceções.
 
 
As exceções são devido a um bom carma pessoal, devido a um fenômeno espiral.
É Deus que quer que aconteça de uma determinada maneira, rompe todas as barreiras e faz acontecer. Porque o sistema não é nem um pouco favorável, pois estimula competição e disputa. Estimula o medo e o ódio.
Aonde nós vamos com a economia baseada no medo da escassez?
Diga-me, aonde nós vamos?
Aonde nós vamos com esse sistema econômico?
Aonde nós vamos com essa nossa atual consciência de sustentabilidade, onde se enxerga a natureza como algo que se pode comercializar?
Que transforma tudo em dinheiro?
Água é dinheiro, floresta é dinheiro, os animais são dinheiro e até a luz do sol é dinheiro. Eu tive a notícia que agora até do ar já estão fazendo dinheiro, que já estão vendendo latinhas de ar na China, porque está tudo poluído, é preciso uma latinha de ar para sobreviver.
Aonde nós vamos parar?
Aonde nós vamos parar com a consciência que temos em relação à saúde, com a saúde pessoal e ao sistema de saúde social?
E mesmo com relação ao processo da morte, que é o maior tabu.
Só não é maior que o sexo. São os principais tabus humanos: sexo e morte, que estão intimamente relacionados.
A morte é um mito que aprisiona. E o que sustenta esse mito é justamente este esquecimento da realidade espiritual.
 
Essa chance de vida está envenenada porque o próprio sexo está envenenado. Envenenado pela religião, a religião horizontal. A morte precisa ser compreendida, porque é o mito da morte que aprisiona você ao corpo.
E todos os medos não trabalhados durante a vida são reeditados na hora da morte.
Todas as contas abertas te visitam na hora da morte e aí a sua consciência vai para aquele lugar, para aquela conta aberta e aí você volta, reencarna de novo amarrado naquele ponto.

E quando isso termina?
Para onde vamos se nós não nos relembrarmos que somos seres espirituais vivendo uma aventura material?
Qual é a saída para os cascos vazios andando, desprovidos de coração?
Não é difícil você chegar a conclusões, a natureza está mostrando o tempo todo para onde é que nós estamos indo. O principal sintoma é esse clima caótico no mundo todo. Então, é justificável a sua dúvida. É compreensível você pensar que pode ser uma utopia ancorar uma consciência amorosa neste planeta. Isso porque você está olhando através desse olhar material, porque não é o homem que vai fazer essa mudança.
É Deus que vai fazer essa mudança, mas através de você.
Deus através do humano. Então, você pode ir além do medo, além da mente do aluno que concorda e discorda. É claro que se você quiser achar dificuldades, defeitos, você vai achar, mas se olhar através do olhar do amante Divino, você verá que já está acontecendo.
O Tsunami do Amor já é uma realidade. O amor já está acordando em muitos e em muitos lugares. Temos já muitos bons frutos. Está acontecendo aqui agora. Aqui, agora.
Isso não é uma utopia. Você está aqui abrindo o seu coração. Está recebendo o darsham que te transforma. Seus dons e seus talentos estão sendo ativados. Você está se curando de suas mazelas. Você está recebendo chuvas de bênçãos e milagres.

Isso não é uma ilusão, isso é real. Essa é a Realidade Suprema.
Se isso acontece com você, acontece com um pequeno grupo, por que é que não pode acontecer em grande escala? Por quê? Aonde não? Por que não?
 
Fonte: http://www.sriprembaba.org/
Anúncios
 

Uma resposta para “A VIDA ESPIRITUAL NA TERRA É UMA UTOPIA?

  1. Ana Torres

    16/09/2014 at 13:04

    Este post merece ser lido em aula … muito bom !

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: